sexta-feira, 18 de novembro de 2005

Sobre faltas e professores

Desculpem a distância, mas ainda estou em processo de reajuste profissional.

Em relação ao artigo das faltas dos professores, tenho de dizer que o que mais me choca é um dos responsáveis sindicais dizer que "são apenas 5%".

São apenas?!?!?!? Que tal se o seu salário fosse 5% menor? O que aconteceria se lhe tirassem 5% de todos os seus bens? E se tudo aumentasse apenas 5%?

Cinco por cento depende de muitas coisas, mas acho que para a educação, para o ensino, para a nossa vida cinco por cento não é apenas...

A culpa não é necessária atribuir, nem acuso os professores das faltas que dão. Mas cinco por cento a menos na educação é muitos por cento.

Pensem nisso...