quinta-feira, 26 de junho de 2008

O Porquê do Silêncio

Há momentos para se falar.
Há momentos para se ouvir.
Há momentos para se fazer.
Há momentos para se parar.
Há momentos para se ler.
Há momentos para se escrever.
A sabedoria é saber distinguir uns dos outros.

PS: Estou de baixa para a escrita.