sábado, 9 de dezembro de 2006

Sempre em dúvida

Esta coisa da relação é muito misteriosa.

Sozinhos não conseguimos olhar para nós próprios e perceber as nossas qualidades e defeitos (pelo menos, não tão bem). Com o outro temos sempre dificuldade em reconhecer, aceitar e incorporar aquilo que nos dizem.

Fazem falta, mas não são fáceis!