quarta-feira, 4 de janeiro de 2006

INSISTO - Acreditem!!!


Vou repetir até me convencer:

Podemos agrupar as pessoas em dois grandes grupos: o que acredita que tem o poder de interferir na sua vida, e o que acredita que é apenas o resultado do que acontece e não tem capacidade para mudar.

Se pertencem ao grupo dos "crentes" então é óbvio que quanto mais positiva, optimista, afirmativa, crente e convicta for a forma de agirem, de se olharem e de se comunicarem, melhores serão os resultados da vossa vida.

Se pertencem aos "cépticos", então estou certo que mesmo sendo o resultado do que vos acontece, de que vale a pena terem medo, ou sentirem-se mal? Se não podem mudar nada, se são alvo das circunstâncias da vida, não é bem melhor que o façam com alegria. Pelo menos, até ao próximo incidente estão bem e confortáveis.

Será tão estranho?