segunda-feira, 17 de março de 2008

Reflexos da Literatura


Gosto de me ver reflectido.
Gosto de me ver.
Gosto desse encontro com o ser.
Assusto-me no entanto por vezes com o tamanho das letras.
dos livros, do ser, do movimento.
São bolas de pinball que se agitam em mim.
Nos matrecos insatisfeitos do meu ser interior.
Gosto de saber.
Gosto de aprender.
Mas a vida é tão grande que só no imenso...
só no pequeno vazio do sem sentido, do ideal e do original...
Só nesse lugar nos podemos encontrar.
São reflexos de um ser literário.
São reflexos da literatura.
São a língua portuguesa.